Costureiras da USCO falam sobre as dificuldades de comercialização enfrentadas

A equipe técnica do Cesol Sudoeste visitou as costureiras da União Solidária Conquista-Oeste (USCO), empreendimento localizado nos boxes do Espaço Cultural Glauber Rocha, na última quarta-feira (26).

Apesar de dar seguimento à produção, as costureiras falaram sobre as dificuldades de conseguir uma movimentação constante no local. “Aqui namorem movimentação, fica muito tempo os boxes fechados, a gente trazer feiras para aqui. Tem muitos associados que não têm boxes, a gente precisar fazer eventos e dar publicidade a esses eventos”, afirmou Nívea Guimarães.

A associada também falou sobre a dificuldade de conseguir uma linha de crédito para dar continuidade à produção. Assim, a equipe técnica irá viabilizar uma reunião com o Sicoob, que é um grande parceiro da política pública na região. 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *