Empreendimentos falam da importância de participar da 50ª Exposição Agropecuária de Itapetinga

Pela primeira vez, os empreendimentos assistidos pelo Cesol Sudoeste vão participar da Exposição Agropecuária de Itapetinga, um evento de repercussão nacional que é um dos maiores do interior baiano. A 50ª edição da Exposição está acontecendo entre os dias 13 e 22 de maio, no Parque Juvino Oliveira.

Por intermédio da diretora-presidente da União Nacional das Cooperativas da Agricultura Familiar e Economia Solidária (Unicafes), Regina Dantas, com o presidente do Sindicato Rural de Itapetinga, Éder Rezende, o Centro Público montou um stand no evento. Para os empreendimentos, o espaço é um canal de recuperação da comercialização que foi profundamente impactada pela pandemia de Coronavírus.

Para Rose, do empreendimento D`Roque, de Vitória da Conquista, o evento tem uma importante função de divulgar os produtos. “O Cesol abre as portas para a gente, a nossa vitrine está ótima, em um local bem situado, que tem uma excelente visitação”. Erotildes Neto, que coordena o Centro Social Urbano de Itapetinga (CSU), a participação do Cesol na Exposição tem um papel fundamental de romper o estigma de que o evento é apenas para a economia tradicional e para a agropecuária. “Itapetinga tem um histórico ruralista e de latifúndio e, por muito tempo, houve uma negação de tudo que não gira em torno disso. Então, só a estadia do Cesol aqui dentro já é um avanço muito grande. Essa parceria que conseguimos firmar vem para fortalecer um movimento muito importante, porque Itapetinga não é só uma cidade com desenvolvimento pecuarista, Itapetinga tem outras formas de produção”, ponderou.

Creusilda de Carvalho, representante da Associação Carlos Muller, afirmou que o Cesol tem um papel extremamente relevante no sucesso alcançado. “O Cesol foi importantíssimo para esse nosso sucesso. Nós nem imaginávamos que poderíamos chegar até aqui. O agricultor familiar não tem essa dimensão. Não é a Exposição de Itapetinga, é a Exposição! Tudo isso só foi possível pelos melhoramentos que fizemos nos nossos produtos ao longo de todo esse tempo”, relembrou.

Recentemente, o município de Itambé foi incorporado ao Cesol Sudoeste, desde então, já foi realizada uma Feira de Economia Solidária no município. Agora, os empreendimentos do município também expondo seus produtos no stand da Exposição. O gerente da Secretaria de Meio Ambiente, Agricultura e Pecuária de Itambé, Cláudio Cunha relembrou o quanto a assistência do Centro Público tem fortalecido os empreendimentos. “Em quatro meses, o Cesol já esteve no município com uma das edições das 100 Feiras, que foi um sucesso. O Cesol sempre quer saber dos parceiros como foram as vendas, e todos os parceiros venderam e pediram que novos eventos fossem realizados na cidade. Agora, já estamos na Exposição de Itapetinga. O objetivo é que os empreendimentos se fortaleçam e cresçam ainda mais”, disse.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.