Empreendimento que realiza pintura de quadros começa a integrar a carteira ativa do Cesol Sudoeste

O empreendimento Tilli Artes passou a integrar a carteira ativa do Cesol Sudoeste neste trimestre. Voltado para a confecção de quadros pintados à mão e artesanato, o empreendimento começou do interesse que Jailton Rodrigues, precursor do empreendimento começou a ter por quadros.

“Eu passei no Centro de Cultura, logo quando começou, e vir o trabalho de um rapaz de Salvador que estava ali na frente, aí eu falei eu vou pintar isso. Eu peguei algumas aulas com Moacir do Prado para saber que material usar. Desde então, eu estou pintando”, afirmou.

Jailton conta que sua filha começou a se interessar por pintar a pouco tempo. Anteriormente, ela havia começado a fazer alguns jarrinhos em EVA (material emborrachado), mas decidiu tentar pintar recentemente. “O lucro do EVA é muito baixo, mas com a tela é maior. Ela começou a pintar e os trabalhos dela são caprichados, já dá para vendar”, afirmou.

O projeto atualmente é tocado por ele pela filha e também pela esposa.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.